Trivium Pursuit

O Nível Gramática

Por Harvey e Laurie Bluedorn
Impresso na PHS nº 31, 1999.

Considere este axioma básico do ensino em casa: "O dia só tem 24 horas".

Mantenha esta idéia em mente quando você estiver decidindo quais dos muitos assuntos que o seu filho irá estudar nos seus anos de escolaridade. Qual a melhor maneira de usar o tempo a cada dia?

Em nosso último artigo nós discutimos as dez coisas para se fazer com crianças no nível "pré-gramatical", antes dos dez anos de idade. Disciplinas acadêmicas "formais", uma pilha de livros e cadernos não representam necessariamente o uso mais importante do nosso tempo com crianças antes de completarem dez anos. Mas aos dez anos, a maioria das crianças está entrando no nível gramatical. Esta é aproximadamente a idade em que as crianças estão prontas para estudos acadêmicos mais "formais". Por volta dos dez anos, a lâmpada acende. O cérebro torna-se fisicamente capaz de fazer conexões mais complexas, as quais, entre outras coisas, fazem o seu filho ser mais capaz de lidar com conceitos abstratos e ajudam-no a cuidar e a controlar melhor a si mesmo. Os pais estarão envolvidos mais intensamente com a educação dos filhos entre os dez e os doze anos.

A seguir, uma lista de dez coisas que cremos serem as mais importantes para crianças no nível gramatical (dos dez aos doze anos).

1. Culto Doméstico

Cultos regulares em família não são um acessório. Devem ocupar o lugar central. Aos dez anos, seu filho é capaz de crescer rapidamente no conhecimento das Escrituras, através da instrução dos pais.

2. Literatura

Comece, diariamente a pedir ao seu filho que leia algo na área da ficção clássica, poesia ou contos. É claro que muitas crianças já estão lendo muita coisa por conta própria por esta idade. Seleções de escritos antigos, como McGuffeys, são boas fontes deste tipo de literatura. Use a biblioteca. Não é necessário comprar livros didáticos referentes a cada série. Continue a exigir a narração dos filhos. Sugerimos que você fique longe da literatura leve (Jeanette Oake, Hardy Boys, The Boxcar Children, American Girls, etc.). Você vai querer que os seus filhos desenvolvam o apetite por "comida" literária "nutritiva", não "fast food" literário. Embora os seus filhos já estejam lendo por conta própria, continue a ler para eles em voz alta uma ou duas horas por dia. Será uma das suas partes favoritas de ensiná-los em casa. Continue e memorizar e recitar passagens de literatura e poesia em voz alta.

3. Soletração e Gramática

Por volta dos dez anos, os conceitos gramaticais abstratos de substantivo, verbo e objeto direto estão claros para o seu filho, e a gramática da língua materna (ou, porem, de qualquer língua), pode ser rapidamente aprendida. Três anos de estudo de gramática da língua materna (dos dez aos doze) são suficientes. Seu filho estará estudando a gramática do latim ou grego por volta dos treze, o que tornará o estudo da gramática na língua materna supérfluo – ele irá dominá-la estudando latim ou grego.

4. Latim & Grego
Dez anos é uma idade boa para começar a estudar a gramática do latim. Uma criança de dez anos pode passar quinze minutos por dia estudando latim, enquanto uma de doze pode aumentar esse tempo para trinta minutos. Seu filho deverá revisar regularmente o alfabeto e o sistema de pronúncia do grego, praticando sua pronúncia com alguma leitura interlinear (texto em mais de uma língua, dispostos paralelamente). Isto irá prepará-lo para o estudo de gramática grega aos treze. Recomendamos que cada criança mantenha o seu próprio caderninho de anotações de latim e um de grego, onde ela irá anotar em lugares distintos, coisas como termos técnicos, vocabulário, paradigmas do substantivo, paradigmas do verbo, etc.

5. Arte & Música

Se você quiser que os seus filhos sejam familiarizados com arte e música clássica, retire algumas gravuras ou gravações na biblioteca, compre algumas para você ou leve as crianças a um museu de arte ou à apresentações de uma orquestra. Nesta idade você precisará avaliar criticamente e selecionar coisas por eles. Dê aos seus filhos as ferramentas, o espaço e o tempo para projetos de arte. Você pode escolher adotar um currículo formal de arte, ou iniciar a instrução formal em música.

6. História

Nesta idade você pode pedir aos seus filhos que leiam alguma coisa de natureza histórica todos os dias. Biografias, autobiografias e ficção histórica encaixam-se perfeitamente neste propósito. Você pode pesquisar muitos desses livros na biblioteca. Você irá precisar avaliar criticamente e selecionar as coisas por eles. Não é necessário comprar livros-texto de história. Pratique a narração. Continue a linha de tempo. Mantenha mapas nas paredes e localize os eventos sobre os quais o seu filho estará lendo no momento.

7. Pré-lógica

Aos dez anos, as crianças ainda estão no nível gramatical, assim qualquer "lógica" que eles tenham é, na verdade "pré-lógica". Building Thinking Skills (Critical Thinking Books and Software) [Construíndo Habilidades de Raciocínio] (Livro e Software "Pensando Criticamente"), é um excelente material para desenvolver estas habilidades pré-lógicas e para prepará-los para o curso de lógica mais formal aos treze anos.

8. Matemática

Crianças de dez anos são perfeitamente capazes de saltar direto para um livro de matemática (tais como Saxon Math 65), sem nenhuma experiência anterior com livros de matemática. Pular as séries do Jardim de Infância até a 4ª série do ensino fundamental na matemática não irá atrapalhar de maneira alguma o sucesso de seus filhos nesta matéria. Você não precisa gastar o interesse de seus filhos e a sua própria paciência tentando fazer com que eles entendam algo que os seus cérebros simplesmente ainda não estão preparados para lidar. Esperar até os dez anos, quando o seu filho está prontamente preparado para lidar com conceitos matemáticos faz com que as instruções de aritmética se tornem muito fáceis. O que havia sido dolorosamente distribuído nos oito anos anteriores pode então ser compactado sem traumas em um mês.

Não estamos dizendo que você deve manter os seus filhos longe dos números antes dos dez anos. De jeito nenhum. Aos quatro, a maioria das crianças já descobriu o dinheiro, e você não será capaz de esconder os números deles depois disso. Crianças encontram números o tempo inteiro. Se você encorajar o aprendizado, elas irão fazer muitas perguntas, e você irá ter bastantes oportunidades para uma instrução não-formal sobre números e medidas. Mas não encorajamos a instrução formal usando um livro-texto antes dos dez anos, a não ser que a criança mostre um interesse e uma competência genuínos para lidar com a tarefa.

Antes dos dez anos, a criança está basicamente adquirindo habilidades verbais de linguagem, e o seu tempo será mais bem gasto desenvolvendo o vocabulário dela, o qual é o indicativo primário de inteligência. Lembre-se do axioma: "O dia só tem 24 horas". O seu tempo pode ser muito mais bem gasto com você lendo em voz alta para os seus filhos do que lutando com conceitos matemáticos que o seu filho não está pronto para entender.

Precisamos que a adição e os fatos da subtração sejam memorizados por volta dos onze anos, e os da multiplicação e divisão sejam memorizados por volta dos doze.

Muito mais poderia ser dito sobre este assunto. Mas é suficiente dizer que a instrução formal em Matemática antes dos dez anos é historicamente um fenômeno muito recente. Assim como os problemas que surgiram no ensino de matemática e, consequentemente, a invenção dos currículos manipulatórios mais "informais".

9. Ciências

Seu filho pode ler diariamente algo relacionado às ciências ou à natureza. A biblioteca pode ter materiais úteis sobre isso, ou você pode adquirir alguns dos textos reimpressos pela Christian Liberty Academy. Pratique a narração. Nós vemos videos sobre criacionismo científico talvez uma duas vezes por mês (Estes podem ser alugados na Midwest Creation Fellowship, Box 479, Gurnee, IL 60031).

Talvez você possa comprar uma caderneta com as páginas em branco para o seu filho e encorajá-lo a manter um caderno de anotações de estudos da natureza, onde ele poderá fazer pequenos desenhos de insetos, plantas ou animais. Ele poderia classificar cada desenho com o nome em latim. O nível gramatical é o nível da "observação". Dê ao seu filho as ferramentas (que mencionamos no artigo anterior) e as oportunidades (tempo o suficiente para exploração e observação experimental). Visite a Feira de Ciências e Engenharia toda primavera e observe todos os diferentes projetos de ciências. Isto irá ajudar a desenvolver idéias para projetos de ciências que ele poderá apresentar quando tiver treze anos.

10. Redação

Peça aos seus filhos que escrevam alguma coisa todos os dias. Meninas geralmente não têm problemas com esta tarefa e escrevem poemas e contos. Garotos geralmente precisam de mais ajuda e encorajamento para colocar a primeira palavra no papel. Parece que alguns garotos são alérgicos a lápis. Para os mais relutantes, você pode começar escrevendo os seus pensamentos por ele enquanto ele os narra, ou ele pode narrá-los para um gravador. Pelo menos é um começo. Você pode escolher simplesmente continuar o trabalho de copiar por um tempo.

Algumas crianças de dez anos podem ser capazes de manter um diário. Faça-os escrever um parágrafo curto todos os dias em uma agenda ou caderno. Depois, faça-os escrever cartas para parentes ou para pen pals [pessoas com quem se pode manter o hábito de se corresponder através de cartas]. Não espere mais do que cartas curtas e factuais nesta idade. Exija que a redação final das cartas seja limpa e sem erros. Permita redações relativamente simples até que eles possam alcançar o nível lógico.

Na próxima oportunidade discutiremos o curso de estudo sugerido para crianças no nível lógico (idades entre treze e quinze).